Temor de rompimento do acordo de grãos do Mar Negro ainda afeta trigo

O contrato de dezembro22 do trigo brando SRW de Chicago em leve alta de 0,43%% ou $ 6,25 cents/bushel a $ 909,0; para dezembro de 2023
...
Luiz Carlos Pacheco

Publicado em 22/09/2022

O trigo fechou em forte alta nesta quinta-feira, 22/09, na Bolsa de Chicago (CBOT), ainda afetado pelo temor de rompimento do acordo de grãos do Mar Negro pela Rússia. O contrato de dezembro22 do trigo brando SRW de Chicago em leve alta de 0,43%% ou $ 6,25 cents/bushel a $ 909,0; para dezembro de 2023, que interessa aos produtores/exportadores brasileiros, o contrato fechou inalterado a $ 909,0; o contrato do trigo duro HRW de Kansas para dezembro fechou em alta de 1,03% ou 10,0 cents/bushel a $ 977,0; a cotação de dezembro do trigo de primavera HRS de Minneapolis fechou em alta de 1,40% ou $ 13,50 cents/bushel a $ 977,75 e a cotação de dezembro do trigo para moagem da Euronext de Paris fechou em alta de 0,43% ou $ 2,50 euros/t a 349,50 euros.enbsp;

Hoje, a fraqueza inicial foi revertida e os ganhos estendidos, atingindo máximas de 2 meses. Os preços incorporam incerteza quanto ao futuro dos embarques da área do Mar Negro. A escalada do conflito geopolítico entre a Rússia e a Ucrânia desencadeia temores de uma possível interrupção no fornecimento. A seca na Argentina e as quedas nas estimativas de produção operaram na mesma direção.

IGC AUMENTA PRODUÇÃO MUNDIAL
O Conselho Internacional de Grãos espera que a produção de trigo em 22/23 atinja 792 MMT. Isso representa um aumento de 14 MMT em relação à estimativa anterior e agora é de 10 MMT em relação ao ano passado. Os estoques absorveram a maior parte da maior disponibilidade com uma pilha de estoque 11 MMT maior de 286 MMT.

EXPORTAÇÕES MENORES EUA
O USDA informou que 183.467 toneladas de trigo foram reservadas para exportação durante a semana encerrada em 15/09. Isso caiu 16% em relação à semana passada, abaixo do intervalo esperado, e cerca de metade do mesmo valor da mesma semana do ano passado. Indonésia e China foram os maiores compradores líquidos, e o trigo branco foi a variedade mais procurada.

RÚSSIA AUMENTA A PRODUÇÃO, MAS EXPORTA MENOS
A consultoria SovCon aumentou sua estimativa de produção de trigo da Rússia de 94,7 MT para 100 MT nesta quinta--feira com base nos altos rendimentos do trigo de primavera, que representa 30% do total, em todas as regiões cultivadas.enbsp; Apesar disto, as exportações do país estão lentas, estimadas em 10,2 MT, cerca de 14% abaixoenbsp; da média dos últimos cinco anos, causada pelo rublo forte e pelo imposto de exportação.

COMO ESTÃO AS LAVOURAS DE TRIGO NA ARGENTINA
Chuvas registradas nos últimos dias melhoram abastecimento de água da lavoura com 53,3% da área relatando uma condição de água Adequada/Ótima. No entanto, 42,4% dos cereais relatam uma condição de colheita regular/ruim, concentrada principalmente no centro e norte da área agrícola. Estas chuvas não podem compensar a falta de perfilhos nestas regiões, onde 46% da área está transitando de perfilhamento para frente. Até o momento, as perdas potenciais são estimadas eficiência de até 60% e, ao mesmo tempo, as áreas abandonadas aumentaram e já estão sendo alocados para as culturas de verão.


O QUE VOCÊ ACHOU DESSA NOTÍCIA? DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

PALAVRAS-CHAVE: notícias agrícolas, portal rural news, notícias do agronegócio, portal de notícias, notícias do agro, agro o tempo todo, ruralnews, ruralnewsbr, portal de notícias de cascavel, portal de notícias do paraná, notícias do paraná, agro do paraná, cotações agropecuárias, trigo cotação, valor trigo, preço trigo, luiz carlos pacheco, TF Consultoria



Assine gratuitamente nossa NEWSLETTER
Receba diariamente um resumo de nossas principais notícias no seu email.
-->