Acrimat protesta contra alongamento de escalas de abates no MT

Segundo nota pública da entidade, a situação tem promovido transtornos e prejuízos incalculáveis aos produtores do Estado
...
Da redação - Rural News

Publicado em 10/08/2022

Adcimat, abate bovinos, alongamento de escalas, abates no MT

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) veio a público manifestar, através de nota pública, sua preocupação com o atual momento pelo qual passa a pecuária mato-grossense, principalmente em relação ao abate feito pelos grandes frigoríficos. Segundo a entidade "os frigoríficos vêm rotineiramente alongando suas escalas, determinando férias coletivas e até o fechamento de muitas plantas, sendo várias delas únicas em suas regiões".

Para a Acrimat, essa situação tem promovido transtornos e prejuízos incalculáveis aos produtores, principalmente os registrados nos últimos dias quando, coincidentemente, os frigoríficos promoveram quase que simultaneamente a extensão de suas escalas, baixando os valores da arroba do boi. "Sabemos da situação econômica pela qual passa a população brasileira, com perda de poder aquisitivo, mas acreditamos que muitas ações podem ser realizadas, inclusive pelo Governo de Mato Grosso, por meio da redução temporária das alíquotas do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias (ICMS)", afirma a nota.

Segundo o diretor da entidade, Owaldo Pereira Ribeiro Júnior, a associação está acompanhando essas ações e à disposição para discutir quaisquer sugestões para a melhoria de toda a cadeia produtiva da carne.



O QUE VOCÊ ACHOU DESSA NOTÍCIA? DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

PALAVRAS-CHAVE: notícias agrícolas, portal rural news, notícias do agronegócio, portal de notícias, notícias do agro, agro o tempo todo, ruralnews, ruralnewsbr, portal de notícias de cascavel, portal de notícias do paraná, notícias do paraná, agro do paraná, cotações agropecuárias, Adcimat, abate bovinos, alongamento de escalas, abates no MT



Assine gratuitamente nossa NEWSLETTER
Receba diariamente um resumo de nossas principais notícias no seu email.
-->