Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos site. Ao visitar nosso portal, você concorda com esse monitoramento e com nossa Política de Privacidade.
Notícias nacionais

  • Geral - Publicada em 30/11/2021

CNA participa de reunião da Câmara Setorial da Borracha Natural

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou, na quinta (18), da reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Borracha Natural, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)

Leia também:

Livros infantis gratuitos para ler com as crianças na quarentena

Saiba como manter uma alimentação mais saudável no inverno

Ministro Luiz Fux é eleito presidente do STF



Por: CNA - Confederação Nacional da Agricultura
30/11/2021

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou, na quinta (18), da reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Borracha Natural, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Durante o encontro, foi discutida a utilização de Cédula de Produto Rural (CPR) Verde pelos produtores rurais e sua aplicação no setor da borracha. A CPR Verde é um instrumento de pagamento pela prestação de serviços ambientais, que o produtor deverá utilizar para a conservação florestal, de recursos hídricos, do solo e da biodiversidade.

De acordo com a assessora técnica da CNA, Eduarda Lee, a CPR Verde poderá ser utilizada por todos os setores do agro, inclusive o de florestas plantadas. “Atualmente há financiamentos para borracha por meio de CPR’s tradicionais, que financiam a produção de borracha. O foco das CPR’s verdes é a conservação ambiental”, disse.

Outro assunto debatido no encontro foi a importância de criar um fundo cooperativo privado para promoção, proteção e inovação da heveicultura, de forma sinérgica, envolvendo produtores, beneficiadores, indústrias de pneumáticos e fornecedores de insumos. A Embrapa Cerrados apresentou uma modelagem para seu estabelecimento.

Entre os resultados esperados desse fundo, destacam-se a geração de conhecimentos e soluções tecnológicas com inovação, a obtenção de ativos tecnológicos que façam a diferença no processo produtivo e a ampliação de competitividade.

Em seguida, a Embrapa fez uma apresentação sobre Transferência de Execução Descentralizada (TEDs), que trata de projetos de interesse de variados elos do setor agrícola, conduzidos em parceria com outros órgãos e instituições.

“Dentre as propostas, estão o possível diagnóstico socioeconômico da agroindústria de borracha natural no Brasil e a prospecção das principais rotas tecnológicas e de políticas públicas a serem adotadas para aumento de competitividade da atividade”, informou a assessora técnica da CNA.

Além disso, foi apresentada a estruturação de curso de formação de Responsáveis Técnicos para Certificação de Produção Integrada (PI Brasil) da borracha, que será realizado por meio de parceria entre o Ministério da Agricultura e instituições parceiras.



Comentários Comente essa notícia