Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos site. Ao visitar nosso portal, você concorda com esse monitoramento e com nossa Política de Privacidade.
Notícias nacionais

  • Geral - Publicada em 30/11/2021

Energia Fotovoltaica: Alternativa viável para aumentar a rentabilidade no campo

Em busca de economizar na conta de energia e aumentar a sustentabilidade, produtor investe em sistemas de energia fotovoltaica em sua propriedade e aprova os resultados.

Leia também:

Livros infantis gratuitos para ler com as crianças na quarentena

Saiba como manter uma alimentação mais saudável no inverno

Ministro Luiz Fux é eleito presidente do STF



Por: Assessoria
30/11/2021

Em um mercado cada vez mais competitivo, a busca por soluções que ajudem a aumentar a rentabilidade na produção agropecuária desperta o interesse de muitos produtores. Uma das alternativas mais viáveis vem do sol. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o setor do agronegócio é responsável por 8,7% dos investimentos na área e tende a crescer nos próximos anos.
Na região de Andradas, MG, a família Esperança produz uma média de um milhão de hastes de rosas por mês em duas propriedades, com 4 mil e 6 mil hectares, respectivamente. As flores são cultivadas em estufas, que são equipadas com sistema de irrigação por gotejo e por aspersão aérea. Após a colheita, as rosas são processadas e armazenadas em câmaras frias. Diante disso, o custo com energia é elevado.
No desejo de encontrar uma forma de reduzir custos para melhorar a rentabilidade de produção, o cooperado Anderson Esperança contou com a Coopercitrus para a instalação de um sistema de energia fotovoltaica em uma das propriedades. Em novembro de 2018, o sistema de energia solar já estava instalado e em pleno funcionamento, com 270 placas fotovoltaicas com 90,45 kWp, energia suficiente para atender a 100% da demanda do sítio menor e o excedente se transforma em crédito para suprir 30% da demanda de energia do sítio maior.
Pelo celular ou computador, Anderson Esperança, que administra os negócios, pode acessar o painel de controle do sistema e consultar a potência produzida em cada período, com relatórios diários, semanais, mensais ou anuais, bem como acompanhar a previsão meteorológica e as toneladas de CO² que deixaram de ser emitidas na atmosfera, por meio da geração de energia limpa. "Em 2020, produzimos 11.100 kWh por mês, gerando um total de 133 mil kWh no ano todo. Aqui na propriedade menor, nós utilizamos 3.100 kWh por mês, e essa sobra de 8 mil kWh se transforma em uma poupança de energia para utilizarmos na outra propriedade, se a cadastrarmos no mesmo CNPJ da outra fazenda. Se considerarmos os R$ 0,54 que pagávamos por kWh para a concessionária, só em dezembro nós economizamos R$4.200 em energia", calcula Anderson, satisfeito com os resultados.
Para contribuir com o aumento da eficiência e sustentabilidade aos cooperados, a Coopercitrus fornece sistemas de geração de energia fotovoltaica, com os melhores equipamentos e total confiabilidade. Contando com time de técnicos especializados, a cooperativa presta suporte completo, do financiamento à entrega do projeto, com a análise de viabilidade de acordo com as demandas de cada produtor, a elaboração de projetos sob medida, orçamento, suporte para financiamento junto às principais instituições financeiras, a instalação de usinas fotovoltaicas nas propriedades rurais, até a manutenção e acompanhamento do desempenho. A cooperativa tem parceria com a Valmont SolarTM Solutions, empresa que possui um portfólio superior a 600 usinas no Brasil, sendo cerca de 80% no segmento rural.



Comentários Comente essa notícia